OS PRIMEIROS DA FAMÍLIA A CHEGAR À UNIVERSIDADE

11880411_10206784025413444_4026808975332658575_nEvelin hoje é jornalista

Evelin nasceu na Zona norte do Rio de Janeiro numa família de 9 filhos e poucos recursos, mulher, negra, estudou em escola pública, não teve professor de física, química, filosofia, geografia, foi mãe aos 17 anos, saiu de casa, teve filhos, criou-os, fez vestibular, passou, cursou a faculdade em 4 anos.

Evelin faz parte de uma estatística positiva do Brasil embora tenha enfrentado tantas barreiras para chegar ao final do nível superior de ensino, cerca de 65% dos estudantes que concluíram cursos superiores em 2014 têm renda familiar de até 4,5 salários mínimos e 35% são os primeiros da família a entrar em uma instituição de Ensino Superior. Um feito e tanto.

Os dados nos quais Evelin está incluída são talvez a melhor notícia sobre educação que comento esse ano ao lado das ocupações de escolas que mostram que o futuro está aqui. Aliás, o presente está no ensino que vem se modificando seja por políticas públicas, seja por movimento popular cobrando melhores instalações escolares, merenda, material e remuneração de professores.

O Programa universidade para todos(ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), representam uma grande conquista para o Brasil, embora se investir em Universidades públicas ainda seja ao meu ver o melhor caminho, e o levante contra a má administração das verbas públicas mostram uma vontade de construção de novas perspectivas e propiciam um momento que o mundo globalizado e compartilhado talvez replique como método para vencer barreiras meritocráticas até aqui intransponíveis.

Temos hoje mais de 7 milhões de universitários, no início da década passada tínhamos algo em torno de 3 milhões, segundo o Ministério da educação. Essa inclusão numeral não necessariamente acompanha a qualidade do ensino, um item obviamente necessário em todos os cursos que colocam mão de obra especializada no mercado de trabalho. A conjunção destes fatores farão a diferença e tomara sejam conquistadas em um período breve. Outras ‘Evelins’ vem por aí. Tomara.

cleber