SER ATIVO NO TEATRO DA VIDA

O que desejamos para 2014 que começa logo mais?

Todo final de ano observo uma infinidade de desejos, promessas, anseios, pedidos ao ano que começa. As pessoas fazem filas nas igrejas, nas praias, acendem velas, agradecem e oram. Acredito que você, meu caro leitor, juntamente a mim, também se identifique com essas ações. Afinal, o inicio de mais um ano é como o renovar da nossa esperança. É um acalento à alma, uma expectativa de alcançar os nossos sonhos. Do menorzinho, escondidinho em algum lugar remoto em nós, até os mais divulgados, inclusive na nossa página em alguma rede social. Mas todo esse conjunto de situações, me fazem pensar em algo inverso. Se jogamos e pedimos ao Ano Novo que seja maravilhoso, repleto de boas novas, de paz, saúde, dinheiro, amor…. Por que não pedimos tudo isso a nós mesmos, diariamente? nossa vida, de trazer boas energias e desejos a nós, somos… nós mesmos. Diriamos budistas: cada um leva em si a centelha divina. Somos um pouco Deus.

Assim, ao tomarmos as rédeas da nossa vida e nos colocarmos como protagonistas da nossa história, poderemos ser mais altivos e ativos no dia a dia do teatro da vida. Seja em situações políticas, cotidianas, em família.

Está em nós a capacidade de participação, transmutação, mudança, realidade e desejo. Portanto, não desejo a você um ano novo repleto de realizações. Desejo que você possa fazer de todos os anos, anos repletos de boas energias e realizações.

 Desejo-te um feliz Você Novo! Uma excelente segunda-feira, a primeira de 2014.

carletto1-1CLAUDIA CARLETTO – Consultora em comunicação participa do site com a avaliação e aproximação do que é a comunicação pública. Comunicação Pública, com Claudia Carletto, uma vez por semana, no Por Dentro da Mídia – Comunicação Pública

CLIQUE AQUI PARA LER TODOS OS TEXTOS

http://pordentrodamidia.com.br/view/colunistas/comunicacao-publica/