MARCELLO AIROLDI INDICADO COMO MELHOR ATOR TEATRAL ESTÁ AGORA – ENTRE QUATRO PAREDES

Marcello Airoldi

Marcello Airoldi

No espetáculo Huis Clos (Entre Quatro Paredes) de Jean-Paul Sartre, em cartaz em São Paulo (detalhes abaixo) MARCELLO AIROLDI depois de interpretar o personagem Barros na novela da TV Globo, Salve Jorge, está de volta aos palcos para dar vida ao personagem Garcin, um pacifista que após seu fuzilamento é levado por um Mensageiro (Claudinei Brandão) para um inferno nada convencional, com mais duas mulheres (Fabiana Gugli como Estela e Tatiana Passarelli como Inês), os três que não se conhecem procuram entender qual sua condenação. Em meio a loucuras, devaneios, segredos e terrores, os confinados começam a desvendar um emaranhado de porquês. ACOMPANHE:

 

ENTREVISTA: DE ATOR PARA ATOR

 

Tatiana Passarelli, Marcello Airoldi, Claudinei Brandão e Fabiana Gugli (Foto: Priscila Prade)

Tatiana Passarelli, Marcello Airoldi, Claudinei Brandão e Fabiana Gugli (Foto: Priscila Prade)

Evan Aires – Marcello, depois de interpretar o personagem Barros em Salve Jorge ao lado de Giovanna Antonelli, como foi voltar para os palcos com o espetáculo Huis Clos (Entre Quatro Paredes) de Jean-Paul Sartre dando vida ao personagem tão enigmático como o Garcin?

Marcello Airoldi – Garcin é um personagem incrível, repleto de facetas. É um homem perturbado que tem de conviver eternamente com sua crise existencial. Entrar nesse universo como primeira peça depois da novela foi maravilhoso.

Evan Aires – Huis Clos (Entre Quatro Paredes) de Jean-Paul Sartre um texto traduzido e dirigido pelo Sérgio Salvia Coelho, como foi seu processo para compor o personagem? E como está é ser dirigido pelo Sérgio?

Marcello Airoldi – Sérgio é um diretor do diálogo, não impõe nada, é aberto a propostas e sabe agregar o que o ator propõe às suas ideias para o espetáculo. Compor o personagem só foi possível depois de uma longa jornada de estudos do texto, referencias externas de linguagens que o Sérgio queria trabalhar e jogo e jogo, jogo e jogo, com os outros atores. “O inferno são os outros”, então, as relações no processo de montagem foram fundamentais.

Evan Aires – Um texto com quatro personagens encenado em quatro paredes, um cenário rico em detalhes, detalhes esse que diz um pouco de cada um que está confinado lá dentro. Este confinamento virou um inferno para você e as atrizes Fabiana Gugli (Estela) e Tatiana Passarelli (Inês). Como é essa sensação claustrofóbica de não poder ir e vim e ter que se conformar ou não com este confinamento?

Marcello Airoldi – O fato deles não terem pra onde ir é genial. Os limites em algum momento serão testados, cada um vai ter de se expor necessariamente. Isso leva qualquer um à loucura. Para nós atores, é um universo delicioso de trabalhar, porque pra nós também não há fuga, e as muletas caem nos primeiros dias de ensaio. Uma delicia esse mergulho.

Evan Aires – Huis Clos (Entre Quatro Paredes) de Jean-Paul Sartre fará temporada fora de São Paulo? Quais são os próximos projetos que iremos vê-lo por aí?

Marcello Airoldi – Huis Clos faz temporada entre fevereiro e março no Teatro Aliança Francesa. Depois ainda não sabemos. Por enquanto é isso.

HUIS CLOS – ENTRE QUATRO PAREDES (Ultimo final de semana)

Huis Clos - Post

SERVIÇO: Teatro Sesc Bom Retiro: Al. Nothmann, 185 – Bom Retiro São Paulo/SP – 01216-000, (11) 3332-3600.

Quando: sextas as 20h00, sábados as 19h00 e aos domingos e feriados as 18h00.

Ingresso: R$ 24,00 (inteira), R$ 12,00 (meia) e R$ 4,80 (comerciário).

Elenco: Claudinei Brandão, Fabiana Gugli, Marcello Airoldi e Tatiana Passarelli.

Direção e tradução: Sérgio Salvia Coelho.

Classificação: 14 anos.

 

 

Jean-Paul Sartre

Jean-Paul Sartre

MAIS SOBRE O JEAN-PAUL SARTRE

Jean-Paul Charles Aymard Sartre foi um filósofo, escritor e crítico francês, conhecido como representante do existencialismo. Acreditava que os intelectuais têm de desempenhar um papel ativo na sociedade. Era um artista militante, e apoiou causas políticas de esquerda com a sua vida e a sua obra. Repeliu as distinções e as funções oficiais e, por estes motivos, se recusou a receber o Nobel de Literatura de 1964. Sua filosofia dizia que no caso humano (e só no caso humano) a existência precede a essência, pois o homem primeiro existe, depois se define, enquanto todas as outras coisas são o que são, sem se definir, e por isso sem ter uma “essência” posterior à existência. A peça teatral Huis Clos (Entre Quatro Paredes) é considerada uma tragicomédia que foi escrita durante a Segunda Guerra, na qual ele expressa os princípios do Existencialismo, se tornando um clássico contemporâneo. Jean-Paul escreveu peças teatrais, romances e ensaios filosóficos e políticos. 

 

Logo Premio

Marcello Airoldi foi indicado como Melhor Ator de Espetáculo Teatral na categoria Drama pelo Prêmio Arte Qualidade Brasil com o espetáculo Huis Clos em seu personagem Garcin. Quem quiser participar da votação é só clicar no link: 

http://premioartequalidade.org.br/site/?page_id=714, e votar também nas outras categorias.


Banner-Evan-Aires

Evan Aires – ator pelo Incenna – Escola de Teatro e Televisão. Com carreira em artes, cinema e espetáculos. É sócio-diretor da empresa Entusiasmo Entretenimento, que pode ser visitada no site www.entusiasmoentretenimento.com.br.

POR DENTRO DA MÍDIA, ARTE E ESSÊNCIA NA COMUNICAÇÃO, O ATOR EM CENA. Com EVAN AIRES é um espaço para você acompanhar uma vez todos os sentidos da vida com arte.

Que passa pelas ruas, casas teatrais e espaços culturais. São registros do ator Evan Aires, sempre em cena.

POR DENTRO DA MÍDIA, Arte e essência na comunicação, com EVAN AIRES

Para acompanhar as matérias de Evan Aires, clique em Arte e essência na comunicação.