Cleber Gonçalves Pacheco

1146498_822775604406018_778897100_n1 Aos 35 anos sou homem com convicções e pensamentos bem definidos. Incluo o sexo, a religião, o gosto culinário, os prazeres da vida, a música, entre outros.

A realidade pretérita, mesmo sendo dura, me permite olhar para trás e ver que um jovem morador de favela, pobre, filho de empregada doméstica e motorista de ônibus, negro, estudante de escola pública e esquecido por políticas públicas eficientes hoje escreve com o status de Geógrafo, pensador formado por instituição Federal conceituada mundialmente, a Universidade Federal Fluminense (UFF)”, conclui Cleber Gonçalves Pacheco. 

Acompanhe a Coluna COMUNICAÇÃO NA SALA DE AULA, aqui no POR DENTRO DA MÍDIA.

botao

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *